Volta Redonda Notícias

Presidente do Tribunal Regional Federal assina exoneração de Sergio Moro

O presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), desembargador Thompson Flores, assinou hoje (16) a exoneração do juiz federal Sergio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, responsável pelos processos da Operação Lava Jato em 1º grau. O pedido foi encaminhado por Moro, convidado para assumir o Ministério da Justiça no governo do presidente eleito, Jair Bolsonaro.

Thompson Flores recebeu na manhã desta sexta-feira (16) o pedido de exoneração. O prazo de vigência da medida é a partir de segunda-feira (19).

Moro argumentou que pretende “organizar a transição e as futuras ações do Ministério da Justiça”. “Houve quem reclamasse que eu, mesmo em férias, afastado da jurisdição e sem assumir cargo executivo, não poderia sequer participar do planejamento de ações do futuro governo”, diz o juiz no pedido.

O futuro ministro da Justiça, juiz federal Sérgio Moro, durante coletiva de imprensa após reunião com o atual ministro da pasta, Torquato Jardim.

O juiz federal citou seu orgulho por ter exercido a magistratura por mais de duas décadas. “Destaco meu orgulho pessoal de ter exercido durante 22 anos o cargo de juiz federal e de ter integrado os quadros da Justiça Federal brasileira, verdadeira instituição republicana.”

Sergio Moro foi convidado pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, para assumir o Ministério da Justiça, cujo foco será concentrado em duas frentes: o combate à corrupção e ao crime organizado. A pasta deverá agregar o Ministério da Segurança Pública e parte do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).

Substituição

Após a publicação do ato de exoneração do magistrado federal no Diário Oficial da União (DOU), o edital para concurso de remoção deve ser publicado. A remoção é um concurso interno entre magistrados da Justiça Federal da 4ª Região, para preenchimento de vagas.

Depois da publicação do edital, os juízes federais que desejarem concorrer à vaga de remoção têm o prazo de 10 dias para manifestação de interesse e três dias para desistência. Depois o processo é instruído e deve ter a duração de cerca de um mês.

O candidato deve ser escolhido de acordo com o critério da antiguidade. Primeiro leva-se em conta o tempo no cargo de juiz federal na 4ª Região. Depois, a antiguidade no exercício no cargo de juiz federal substituto na 4ª Região e, por fim, o critério de classificação no concurso público.

Até o preenchimento da vaga de juiz federal na vara em que houve pedido de exoneração do magistrado, a substituição até o exercício do novo juiz titular fica a cargo do juiz federal substituto da própria vara. Não há redistribuição de processos, eles continuam atribuídos ao Juízo Federal, ou seja, a 13ª Vara Federal de Curitiba.

Idoso é morto a facada por garota de programa no bairro Aterrado

Juscelino Natal de Oliveira, de 62 anos  foi esfaqueado na manhã desta sexta-feira,16, no bairro Aterrado, em Volta Redonda.

Rosilene Santigo da Luz, de 38 anos, foi presa em flagrante pela Guarda Municipal, dentro da mochila dela foi encontrada a suposta arma do crime.

O motivo da agressão teria sido um programa que não foi pago por Juscelino, a vítima foi socorrida no Hospital São João Batista mas não resistiu aos ferimentos.

Homem sobe no telhado para fugir da polícia em Paraíba do Sul

Um foragido da Justiça foi preso após subir no telhado de uma casa e ameaçar se jogar para tentar fugir da polícia no fim da tarde de quinta-feira (15), em Paraíba do Sul, RJ. Segundo a Polícia Militar (PM), o caso aconteceu no Centro da cidade.

O homem, que tem 26 anos, cumpria pena por roubo e havia recebido o indulto para poder sair no Dia das Mães, mas não voltou. Desde então, era considerado foragido e havia um mandado de prisão contra ele. Os agentes o localizaram na tarde desta quinta-feira após receberem uma denúncia de que o rapaz estava brigando com a namorada, próximo aos Correios.

Quando viu a viatura, ele começou a correr. Na tentativa de fuga, subiu no telhado de uma casa, na Rua Walter Luiz Ferreira da Silva, mas acabou ficando cercado pelos militares. De acordo com a PM, o fugitivo relutou em descer e até ameaçou se jogar do alto do imóvel.

Os agentes pediram auxílio aos bombeiros, que conseguiram retirá-lo do telhado, após ele ser convencido pelos policiais a se entregar. O homem foi preso e levado para a 107ª Delegacia de Polícia (Paraíba do Sul).

Homem cumpria pena pelo crime, mas recebeu indulto para sair no Dia das Mães e não voltou. Agentes o localizaram após receberem denúncia de que ele estava brigando com namorada.

Prefeitura de Volta Redonda atrasa 4 meses de pagamento e não dá satisfação para artistas locais

Artistas locais que se apresentaram nos palcos da cidade de Volta Redonda durante o ano de 2018 estão reclamando do atraso dos pagamentos dos cachês por parte da Secretaria de Cultura. Houve pagamento de apresentações após 4 meses de atrasos e novamente os atrasos voltaram acontecer, prefeito diz que vai pagar na semana do dia 19, porém, não se sabe o dia exato e nem se realmente vão receber, visto que estão sempre atrasando e criando desculpas.

Burocracia “estranha”

Segundo informou um dos artistas exclusivamente ao VRN, a própria prefeitura cria elementos burocráticos que impedem muitos artistas de participar do Edital e consequentemente de se apresentar para a população. Ele cita o fato da prefeitura demorar mais tempo para gerar uma certidão negativa do que o prazo para a apresentação de documentos do edital, impedindo muitos de participar.

Problemas logo no sorteio dos artistas

Dois artistas que iriam se apresentar no aniversário da cidade, Sedex e Felipe Pirra, foram desclassificados automaticamente por não estarem com o comprovante de endereço no local do sorteio e uma declaração relacionada a pessoa jurídica. O que ocasionou o cancelamento do “Palco Hip-Hop” do aniversário da cidade do aço no ano de 2018, demonstrando falta de organização.

Prazo para pagamento

No dia da apresentação os artistas assinam o recibo “RPA”  que é enviado para a Secretaria de Fazenda do município e em 45 até em dias a prefeitura paga os artistas, porém, já no aniversário da cidade, em 17 de julho, os recibos não foram entregues para assinatura, apenas um mês e meio depois eles ligaram pedindo ao artista que entrou em contato conosco para ir lá assinar, ou seja, atrasando mais os pagamentos, uma vez que a fazenda municipal só paga 45 dias depois da assinatura do RPA.

Atraso nos pagamentos

Três meses após a assinatura do recibo, já a mais de 4 meses da data de apresentação, os artistas expuseram os problemas nas redes sociais e a Secretaria de Cultura de Volta Redonda, entrou em contato, disse que ia “pressionar o prefeito” e uma semana depois o pagamento foi efetuado.

Medo de não ser mais contratado

Muitos artistas por receio de não serem mais contratados pelo poder público municipal, evitam se expor publicamente, o que facilita com que o problema fique escondido da população.

Bloqueio de Whatsapp

Uma funcionária da Secretaria de Cultura,  chegou a bloquear um artista no whatsapp para não precisar se explicar sobre os atrasos dos pagamentos.

Um dia vai pagar

Muitas das vezes ao entrarem em contato, a Secretaria de Cultura, afirmava que um dia iria pagar, mas não apresentava nenhuma data conclusiva. Não existia um cronograma de pagamento, não havia respeito com os artistas que se esforçaram para conseguir toda a documentação.

Diálogo

Logo após o problema, a secretaria chamou os artistas para manter um diálogo, na pessoa de André Felipe, funcionário da pasta cultural. Novamente os atrasos voltaram acontecer, a Secretária de Cultura, Aline, não “aparece” para dar uma satisfação, informou nossa fonte.

Família que perdeu tudo em incêndio na Volta Grande IV pede ajuda urgente

Uma família moradora do bairro Volta Grande IV, entrou em contato conosco nesta quinta-feira, 15, pedindo ajuda. A ajuda se refere à casa que sofreu um incêndio na última terça-feira, 13, em Volta Redonda.

Para quem deseja doar alimentos, roupas, sapatos etc.. segue abaixo os endereços..

Rua 1043 Bloco 140 nas casas 21 e 33 Volta Grande 4 Santo Agostinho (ponto de referência, rei dos salgados)

Rua 1014 número 3/101 Volta Grande 2 Santo Agostinho (ponto de referência próximo a Elci noivas)

Mais informações 👉🏾998535256

E está tendo a ‘vakinha solidária’ virtual para quem queira doar dinheiro link abaixo:
https://www.vakinha.com.br/vaquinha/ajuda-solidaria-aline-delgado