Volta Redonda Notícias

Ataque dos EUA impactará no preço dos combustíveis, diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (3) que o ataque feito pelos Estados Unidos a um comboio no Iraque, que resultou na morte do comandante de alto escalão da Guarda Revolucionária Islâmica do Irã, deverá impactar no preço dos combustíveis no Brasil. Bolsonaro descartou a possibilidade de tabelar o preço do produto para controlar impactos e disse que vai discutir o assunto com a equipe econômica e com o chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno.

O ataque norte-americano nas proximidades do Aeroporto de Bagdá pode acirrar o clima de tensão e provocar reflexos em todo o mundo. “Tive algumas informações [sobre o ataque] nessa madrugada, e vou me encontrar com o Heleno [do GSI] para me inteirar sobre o que aconteceu para, depois, emitir juízo de valor”, disse o presidente ao deixar o Palácio do Alvorada.

Apesar de admitir a preocupação com reflexos da crise internacional sobre a economia do país, o governo não pretende intervir em políticas de preços como o tabelamento. “Que vai impactar, vai. Agora vamos ver nosso limite aqui, porque já está alto, e se subir mais, complica. Mas não posso tabelar nada. Já fizemos esse tipo de política de tabelamento antes e não deu certo. Vou agora conversar com quem entende do assunto”, completou. Bolsonaro tentou contato com o presidente da Petrobras, Roberto da Cunha Castello Branco, mas eles ainda não conseguiram conversar sobre o assunto.

O presidente Jair Bolsonaro voltou a defender a quebra do monopólio da Petrobras como uma alternativa para baratear os combustíveis. “Temos de quebrar o monopólio [para evitar a alta dos combustíveis]. A distribuição é ainda o que mais pesa no preço, e depois o ICMS [Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços], que é um imposto estadual”, acrescentou ao ressaltar que, por o ICMS incidir sobre bases de preços maiores, o aumento do preço acaba agradando governadores, uma vez que aumenta também as receitas.

Para Bolsonaro, o Brasil já chegou ao limite no que se refere a cobrança de impostos. “Não dá para aumentar mais imposto no Brasil. Ponto final. No ano passado pagamos por dia mais de R$1 bilhão em juros. Foram R$ 400 bilhões por ano. A Europa foi reconstruída, pós 2ª guerra mundial, um montante desse. Então, por ano, pagamos uma reconstrução da Europa”, disse. Ele ainda lembrou que a queda da taxa básica de juros (Selic) para 4,5% ao ano resultou em uma economia de R$ 110 bilhões no corrente ano.

EUA

Em fevereiro, Bolsonaro viajará aos EUA para visitar empresários militares do setor energético interessados em apresentar ao presidente uma tecnologia de transmissão de energia elétrica sem meio físico (linhas de transmissão).

“Se isso for real, de acordo com a distância vamos resolver o problema de energia elétrica de Roraima, passando por cima da floresta. Estamos há sete anos tentando fazer o Linhão de Tucuruí e não conseguimos. Em consequência pagamos mais de R$ 1 bilhão em subsídios, porque não pode passar a linha de transmissão costeando uma reserva indígena. Isso é o Brasil”, disse o presidente.

Veja videos: Temporal deixa a cidade de Petrópolis embaixo d´água

A chuva que caiu na tarde deste dia (02) em Petrópolis causou diversos prejuízos e transtornos para a população da cidade Serrana. Na rua Rua Pedro Ivo, Morin por exemplo a água desceu a rua com muita força.

Já no bairro Corrêas o rio transbordou e invadiu as ruas.

Já a entrada da Mosela ficou toda alagada.

Em Caldas Viana, no centro de Petrópolis mais alagamentos.

Situação crítica também no Bonfim, em Petrópolis. Olha a ponte do colégio Odete Young monteiro.

Lixo se acumula na ponte que dá acesso à Praça de Corrêas.

Barreira cai em cima de um carro na rua Pedro Ivo, no Morin – Diário de Petrópolis .

Temporal também afeta rodovia BR-040 e cascata transborda na pista, em frente ao posto Brazão.

Ao menos 5 mortos em cachoeira de MG. Veja vídeo da cabeça d´água

🎥 Video feito por turista mostra momento da chegada da Cabeça D’água na cachoeira.

Subiu para cinco o número de mortos após uma cabeça d’água atingir um complexo de cachoeiras em Guapé, no Sul de Minas, na tarde desta quarta-feira (1º), segundo o Corpo de Bombeiros. Três vítimas são da mesma família. Um vídeo feito por uma visitante que estava no local mostra o momento em que a enxurrada atinge o local.

As primeiras três vítimas confirmadas foram identificadas como Émerson Magalhães Couto, Áurea Carvalho Magalhães e Dafne Carvalho de Magalhães Couto. Outras duas pessoas morreram, segundo o Corpo de Bombeiros de BH, mas as identidades ainda não foram divulgadas.

As pessoas estavam na água quando foram surpreendidas pela enxurrada. Algumas pessoas ainda tentaram reanimar uma das vítimas, mas ela não resistiu.

Segundo relatos de uma visitante, diversos jovens estavam nas cachoeiras quando o volume de água subiu repentinamente. Pouco depois, pais começaram a chegar ao local para procurar por seus filhos.

O complexo faz parte do Parque Ecológico do Paredão e é um destino tradicional de turistas nesta época do ano. A região fica a cerca de 15 km do Centro de Guapé. A área pertence à Prefeitura, mas a administração é terceirizada.

A administração municipal informou que também enviou uma equipe para dar apoio aos familiares das vítimas e tomar conhecimento da situação no local.

Cabeça d’água atinge cachoeira em Guapé — Foto: Cláudia SantosCabeça d’água atinge cachoeira em Guapé — Foto: Cláudia Santos
Cabeça d’água atinge cachoeira em Guapé — Foto: Cláudia Santos

Resgate

A equipe do Grupamento de Operações Aéreas do Helicóptero Arcanjo, do Corpo de Bombeiros, estava transportando um órgão, mas fez um pouso improvisado e também se dirigiu para a cidade.

Volume de água

Cabeça d’água se refere a um aumento rápido e repentino do nível de um rio, lago ou cachoeira devido a chuvas em trechos anteriores ou mais altos do percurso.

O fenômeno é diferente de uma tromba d’água, que se assemelha a um tornado, mas tem menor intensidade e ocorre sobre superfícies líquidas, como mar ou rio.

Fonte: G1/sul de Minas

Falta água em pelo menos 23 bairros abastecidos pelo SAAE-VR

O SAAE de Volta Redonda está dando um presente de Ano Novo para a população de Volta Redonda, é que está faltando água nos bairros Cailândia, Vila Rica(Três Poços), Santa Cruz, Recanto Feliz, Califórnia, São Sebastião, Morado do Vale, Bairro de Fátima, Niterói, Limoeiro, Vila Brasília, Coqueiros, Água Limpa, Volta Grande I, Volta Grande II, Volta Grande III, Volta Grande IV Beatriz Gama, Santa Rita do Zarur, Jardim Belmonte, Santo Agostinho, Caieiras e Nova Primavera.

A falta de água ocorre justamente nos dias de maior calor do ano e contraria a nota emitida pelo órgão onde afirmava que os bairros afetados eram apenas a Vila Brasília e a Santa Cruz.

Leia o comunicado emitido pelo SAAE-VR no dia 30 de Dezembro:

“O Saae informa que a variação de energia elétrica em duas bombas de grande vazão de agua provocou o rompimento de uma rede adutora sob a Av Beira Rio, na altura da rua Madame Curiê. O vazamento em grande quantidade fez com que cedesse cerca de 50 metros de extensão da encosta da avenida com o Rio Paraíba.Em consequência, o sistema de abastecimento opera com 75% de sua capacidade. Os Bairros mais afetados são Vila Brasília e Santa Cruz. É importante que todos os moradores façam o uso racional da água.

A autarquia reforça que está trabalhando incessantemente para solucionar esta questão o mais rápido possível e retomar o abastecimento em sua totalidade. “

Prefeitura de Volta Redonda está com processo seletivo para diversas áreas

A prefeitura de Volta Redonda abriu um processo seletivo controverso neste dia(26) de dezembro. O edital é um tanto controverso pois abre um processo seletivo em uma época que muitas pessoas estão fora da cidade e isto chamou a atenção de vereadores que foram para as redes sociais questionar mais uma vez a atitude do prefeito de Volta Redonda.

O processo seletivo foi iniciado no dia 26 de dezembro e termina no dia 03 de Janeiro. O conteúdo foi publicado no Diário Oficial VOLTA REDONDA EM DESTAQUE que pode ser acessado neste link em azul.

As vagas são para ascensorista, assistente social, auxiliar administrativo, biólogo, biomédico, copeira, cozinheiro, cuidador de saúde, médicos de diversas especialidades, recepcionista, técnico agrícola e terapeuta ocupacional. Os salários vão de R$ 1448,00 a R$ 7.000. As vagas são para o prazo de 03 meses prorrogáveis por mais 03 meses. Interessados devem entregar o currículo nas Secretaria Municipal de Saúde.

O vereador Jari chamou a atenção para o Princípio Constitucional da Publicidade uma vez que o edital foi feito em data controversa.

O Volta Redonda Notícias não é uma empresa jornalística. É um canal com página no Facebook, Instagram e Website. A função de nosso canal online é basicamente informar a população da realidade do município de Volta Redonda sem qualquer intuito ou ligação política. Qualquer cidadão pode entrar em contato comigo e passar informações de interesse público.

Siga-nos no Facebook: https://www.facebook.com/voltaredondautilidade

Instagram: https://www.instagram.com/voltaredondanoticias/