Volta Redonda Notícias

Com cachê em torno de R$ 150mil, Marcos e Belutti será atração do Réveillon em Volta Redonda

Os sertanejos Marcos e Belutti farão um show no Réveillon em Volta Redonda que acontecerá na Praça Brasil, na Vila Santa Cecília. O show é alvo de críticas de internautas devido ao valor do cachê dos artistas que está em torno de R$ 150mil. A informação é do site da Metropolitana FM 98.5.

As críticas correspondem às prioridades da atual gestão, já que com este valor, é possível reformar escolas, comprar equipamentos médicos ou remédios, consertar ruas esburacadas, contratar médicos para os postos de saúde, comprar lâmpadas para iluminação pública e diversas outras opções para benefício real da população, afinal, o show passa e as dívidas e problemas ficam.

O vereador Carlinhos Santana foi para as redes socais mostrar sua indignação que segundo ele “a POPULAÇÃO merece, mas temos muitas PRIORIDADES EMERGENCIAIS. O GOVERNO APOSTA NA POLÍTICA DE PÃO e CIRCO infelizmente”. – Vide post abaixo:

No ano passado a cidade recebeu um show do Titãs e também foi alvo de muitas críticas. Mesmo com as críticas do passado o prefeito repete a dose este ano.

Informações desconectas dão conta de que o show será pago por uma empresa privada, porém até o momento não houve transparência por parte do poder municipal a respeito do pagamento.

Novo estacionamento rotativo será implantado em VR

Empresa ganhadora da licitação cumpriu todos os requisitos do edital e os moradores vão poder saber pelo celular os locais que possuem vagas disponíveis

O processo de licitação do VR Parking chegou ao fim. Em breve, a população de Volta Redonda vai contar com um moderno e eficiente meio de estacionamento em diversos bairros. Nesta sexta-feira, a empresa ganhadora da licitação esteve realizando a última etapa do processo, demonstrando para uma equipe técnica avaliadora, formada por representantes da Empresa de Processamento de Dados (EPD), Secretaria Municipal de Transporte e Mobilidade Urbana, todos os requisitos descritos no edital. A empresa ganhadora foi a Areatec, desenvolvedora do software e a Sinal Vida – operadora do sistema. Juntas fazem parte do consórcio VR Digital.

O objetivo do VR Parking é organizar e democratizar o estacionamento público nas ruas. O modelo a ser implantado é inovador e Volta Redonda será a primeira cidade do estado a utilizar esse tipo de tecnologia nos estacionamentos. A expectativa é que o projeto ainda gere dezenas de empregos diretos, além das receitas para a cidade.

Através do aplicativo, as pessoas poderão acompanhar as vagas em tempo real. Os sensores serão instalados no asfalto e emitirão sinais luminosos. Luz verde significa vaga liberada, luz azul para vaga especial como deficientes e idosos e luz vermelha significa que a vaga está ocupada. As mesmas identificações também podem ser conferidas através de um aplicativo que mostrará ainda um mapa as informações desejadas.

O diretor presidente da EPD-VR, Matheus Moreira Cruz, disse que mais de quatro mil vagas serão oferecidas através desse novo sistema em diversos bairros, como: Vila Santa Cecília, Aterrado, Amaral Peixoto, Retiro, 207 e Ponte Alta. “Essa é uma solução moderna, eficiente, via aplicativo e com sensor de estacionamento. Será definitivamente o fim das moedas na nossa cidade. Esse é o governo Samuca Silva trazendo modernidade e eficiência para a mobilidade urbana de Volta Redonda”, disse.

De acordo com o edital, a empresa precisava apresentar amostras do sistema de gestão e apresentações das propostas de preços. Nessas avaliações foram avaliadas características funcionais do software de gerenciamento do estacionamento rotativo, precisando atender aos requisitos solicitados, em no mínimo 98%. Após a conferência de dezenas de requisitos, a empresa atendeu 100% dos itens e passará a gerenciar o funcionamento dessas vagas. A partir da Ordem de Serviço, emitida pela prefeitura, o consórcio terá até 120 dias para implantação do sistema.

O diretor da empresa Sinal Vida, Luiz Baltar, que essas empresas estão trabalhando no ramo de estacionamento rotativo há mais de 20 anos. “Estamos muito otimistas, nesse projeto inovador e desenvolvido com características especiais para a cidade. Volta Redonda sempre foi uma cidade pioneira na área tecnológica e tem tradição voltada para ações modernas”, enfatizou Luiz.

O prefeito Samuca Silva disse que o projeto irá facilitar a vida da população, já que os bilhetes para utilização poderão ser adquiridos em estabelecimentos cadastrados, totalmente tecnológicos e com pagamento via dinheiro e cartão de credito, havendo a  possibilidade de conseguir vagas através do celular. “Toda essa ferramenta será de forma moderna, ágil e organizada. Volta Redonda, por décadas, deixou de investir na modernização e na estrutura da mobilidade urbana de uma das mais importantes economias do Estado. O VR Parking é justamente organizar o estacionamento rotativo de uma forma tecnológica, com aplicativos, como é feito nas melhores cidades do mundo, também resolveremos a questão dos flanelinhas na cidade”, finalizou Samuca.

Por Renan Ferreira com fotos de Evandro Freitas – Secom/VR

Aterrado terá alterações no trânsito para o Desfile Cívico de 7 de Setembro

Por conta do Desfile Cívico de 7 de Setembro, a Prefeitura de Volta Redonda montou um esquema especial de trânsito, no bairro Aterrado, onde será realizada toda a cerimônia. A Avenida Paulo de Frontin, entre a Rua Luiz Alves Pereira e a Avenida Integração, será totalmente interrompida, a partir das 22h do dia 06 de setembro (sexta-feira). Além deste trecho, todas as transversais que serão utilizadas como pontos de concentração e dispersão das entidades também estarão fechadas.    

Os ônibus irão passar pela Avenida Paulo de Frontin, até a Rua Desembargador Cesar (transversal da loja Certa), seguirão ate a Rua 535 (rua atrás do Sesi e da delegacia) e irá até a rua lateral do estádio (rua 539).

A programação para o dia 7 de Setembro, em comemoração aos 197 anos de independência do Brasil, também está definida em Volta Redonda. Representantes das cerca de 100 entidades vão participar do desfile cívico-militar. O hasteamento das bandeiras abre a programação, às 8h, na Praça Sávio Gama (em frente ao Palácio 17 de Julho, sede da prefeitura). A solenidade conta com a participação da Banda e do Coral Municipal, interpretando os hinos Nacional e da Independência, além das instituições militares e grupos de escoteiros. 

A ordem completa do desfile de 7 de Setembro pode ser conferida aqui.

SEGURANÇA

Devido a realização desse grande evento para comemorar os 197 anos de independência do Brasil, a Prefeitura de Volta Redonda, através da Guarda Municipal, contará com várias atividades para garantir a segurança da população presente, com reforço do efetivo, aumentando o número de agentes e viaturas no local.

O esquema de segurança vai contar com 18 viaturas entre carros, motos e um guincho e 60 agentes distribuídos entre o desfile e toda a redondeza. O objetivo é atuar no policiamento e segurança dos participantes além do controle e fiscalização do trânsito. De acordo com o comandante da GMVR, Dalessandro de Assis, o serviço prestado diariamente pela Guarda Municipal não será afetado.

Fonte: SecomVr

Ignorando a opinião da população, Câmara aprova empréstimo de R$ 80 milhões

A Câmara Municipal de Volta Redonda aprovou na noite desta segunda-feira(02) a mensagem do prefeito Samuca Silva que autoriza o executivo municipal a adquirir um empréstimo de R$ 80 milhões junto um convênio com a Caixa Econômica Federal.

Durante a semana o Volta Redonda Notícias fez uma enquete onde mais de 80% da população era contra o empréstimo que será pago por futuras gestões.

Segundo as informações preliminares as áreas que receberão os novos investimentos são:

Drenagens / Açude e Voldac8.000.000,00
Pro-Cidades (Smart Cites)40.000.000,00
Reforma do Zoológico700.000,00
Obra acesso do Santo Agostinho150.000,00
Furban – obras de contenção3.300.000,00
Aquisição de ônibus elétrico2.600.000,00
Infraestrutura do Polo Metal-Mecânico2.950.000,00
Grama sintética – reformas ginásios512.000,00
Santa Margarida – melhorias300.000,00
Asfaltos – recapeamento em vias19.338.000,00
Pontes e Viadutos – revitalização1.150.000,00
HSJB – investimentos:1.000.000,00

Correios podem entrar em greve nesta quita-feira(04)

Devido a impasses nas negociações entre trabalhadores e a direção dos Correios, uma paralisação pode iniciar ainda nesta quarta-feira(04).

Os funcionários são contra o reajuste de 0,8%, abaixo da inflação e a empresa rejeita prorrogação do acordo coletivo, negociado com a Justiça do Trabalho.

Encomendas

Segundo especialistas, o consumidor que contratar serviços dos Correios, como a entrega de encomendas e documentos, e estes não forem prestados, tem direito ao ressarcimento ou abatimento do valor pago. Em caso do atraso ou a não entrega vir a acarretar dano moral ou material, cabe acionar a Justiça em busca de uma indenização.

Compras à distância

Quem adquiriu produtos de empresas que fazem a entrega pelos Correios deve estar ciente de que essas empresas são responsáveis por encontrar outra forma para que os produtos sejam entregues no prazo contratado.

Contas a pagar

As empresas que enviam cobrança por correspondência postal são obrigadas a oferecer outra forma de pagamento que seja viável ao consumidor, como internet, sede da empresa ou depósito bancário, entre outras. Essas alternativas devem ser divulgadas amplamente, de forma clara.

Mesmo sem fatura, pagamento é obrigatório

Atenção: não receber fatura, boleto bancário ou qualquer outra cobrança em que o consumidor saiba ser devedor não o isenta de efetuar o pagamento. Caso não receba os boletos bancários e faturas, por conta da greve, o cliente deve entrar em contato com a empresa credora, antes do vencimento, e solicitar outra opção de pagamento, a fim de evitar a cobrança de eventuais encargos, negativação do nome no mercado ou ter cancelamentos de serviços. Caso o pedido não seja atendido, o ele poderá registrar sua reclamação no órgão de defesa do consumidor da sua região, sempre informando o número de protocolo dos contatos realizados com o credor. Segundo os órgãos de defesa do consumidor, se a empresa não disponibilizar essas formas alternativas para pagar, deve prorrogar o vencimento da conta.