Volta Redonda Notícias

Ataque dos EUA impactará no preço dos combustíveis, diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (3) que o ataque feito pelos Estados Unidos a um comboio no Iraque, que resultou na morte do comandante de alto escalão da Guarda Revolucionária Islâmica do Irã, deverá impactar no preço dos combustíveis no Brasil. Bolsonaro descartou a possibilidade de tabelar o preço do produto para controlar impactos e disse que vai discutir o assunto com a equipe econômica e com o chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno.

O ataque norte-americano nas proximidades do Aeroporto de Bagdá pode acirrar o clima de tensão e provocar reflexos em todo o mundo. “Tive algumas informações [sobre o ataque] nessa madrugada, e vou me encontrar com o Heleno [do GSI] para me inteirar sobre o que aconteceu para, depois, emitir juízo de valor”, disse o presidente ao deixar o Palácio do Alvorada.

Apesar de admitir a preocupação com reflexos da crise internacional sobre a economia do país, o governo não pretende intervir em políticas de preços como o tabelamento. “Que vai impactar, vai. Agora vamos ver nosso limite aqui, porque já está alto, e se subir mais, complica. Mas não posso tabelar nada. Já fizemos esse tipo de política de tabelamento antes e não deu certo. Vou agora conversar com quem entende do assunto”, completou. Bolsonaro tentou contato com o presidente da Petrobras, Roberto da Cunha Castello Branco, mas eles ainda não conseguiram conversar sobre o assunto.

O presidente Jair Bolsonaro voltou a defender a quebra do monopólio da Petrobras como uma alternativa para baratear os combustíveis. “Temos de quebrar o monopólio [para evitar a alta dos combustíveis]. A distribuição é ainda o que mais pesa no preço, e depois o ICMS [Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços], que é um imposto estadual”, acrescentou ao ressaltar que, por o ICMS incidir sobre bases de preços maiores, o aumento do preço acaba agradando governadores, uma vez que aumenta também as receitas.

Para Bolsonaro, o Brasil já chegou ao limite no que se refere a cobrança de impostos. “Não dá para aumentar mais imposto no Brasil. Ponto final. No ano passado pagamos por dia mais de R$1 bilhão em juros. Foram R$ 400 bilhões por ano. A Europa foi reconstruída, pós 2ª guerra mundial, um montante desse. Então, por ano, pagamos uma reconstrução da Europa”, disse. Ele ainda lembrou que a queda da taxa básica de juros (Selic) para 4,5% ao ano resultou em uma economia de R$ 110 bilhões no corrente ano.

EUA

Em fevereiro, Bolsonaro viajará aos EUA para visitar empresários militares do setor energético interessados em apresentar ao presidente uma tecnologia de transmissão de energia elétrica sem meio físico (linhas de transmissão).

“Se isso for real, de acordo com a distância vamos resolver o problema de energia elétrica de Roraima, passando por cima da floresta. Estamos há sete anos tentando fazer o Linhão de Tucuruí e não conseguimos. Em consequência pagamos mais de R$ 1 bilhão em subsídios, porque não pode passar a linha de transmissão costeando uma reserva indígena. Isso é o Brasil”, disse o presidente.

Preso suspeito de pedofilia em Volta Redonda

Agentes da 93ª DP prenderam na noite desta quinta-feira(02) no bairro São Luiz, um suspeito de pedofilia em Volta Redonda. O homem, que possui 50 anos de idade, vinha sendo investigado por produção de pornografia infantil envolvendo crianças com idades entre 5 e 10 anos. Foi aprendido na casa do suspeito um computador, pendrives e celulares. Dentro dos dispositivos haviam centenas de imagens e vídeos envolvendo crianças.

Alguns vídeos e fotos mostram atos libidinosos entre o homem e as crianças. A investigação apontou que o suspeito utilizava calcinhas infantis e fazia vídeos onde se masturbava. – Informou o delegado

Em depoimento o suspeito confessou alguns dos crimes porém a polícia acredita que há mais vítimas, inclusive em outros cidades onde o pedófilo morou: Maricá e Itaboraí.

Os crimes cometidos pelo suspeito segundo a polícia são: Produção e armazenamento de pornografia infantil e estupro de vulnerável. As penas para os crimes cometidos pelo suspeito ulçtrapassam 20 anos.

A polícia não divulgou o nome nem a foto do suspeito mas deseja que outras vítimas compareçam a delegacia.

Embaixada dos EUA pede aos seus cidadãos que abandonem o Iraque

General iraniano Qassem Soleimani é morto no aeroporto de Bagdá.

A embaixada norte-americana em Bagdá, atacada na terça-feira por pró-iranianos, apelou hoje (3) aos seus cidadãos que deixem o Iraque “imediatamente”. O pedido foi divulgado poucas horas depois do assassinato do general iraniano Qassem Soleimani numa operação dos Estados Unidos.

A representação diplomática dos EUA pediu aos norte-americanos no Iraque “que partam de avião o mais rápido possível” ou saiam “para outros países por via terrestre”.

As principais passagens de fronteira do Iraque levam ao Irã e à Síria, mas há outros pontos de passagem para a Arábia Saudita e a Turquia.

O assassinato do general iraniano Qassem Soleimani, enviado da República Islâmica ao Iraque, representa “uma escalada perigosa da violência”, disse hoje a presidente da Câmara dos Deputados norte-americana, a democrata Nancy Pelosi.

“Os Estados Unidos – e o mundo – não podem permitir uma escalada de tensões que chegue a um ponto sem retorno”, afirmou Nancy Pelosi em um comunicado.

A Guarda Revolucionária confirmou a morte do general durante ataque aéreo, na manhã de hoje, contra o aeroporto de Bagdá. A ação norte-americana também visou o “número dois” da coligação de grupos paramilitares pró-iranianos no Iraque, Abu Mehdi al-Muhandis. 

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ordenou a morte do comandante da força de elite iraniana Al-Quds, general Qassem Soleimani, anunciou o Pentágono em um comunicado.

Na nota, o Pentágono disse que Soleimani estava “ativamente a desenvolver planos para atacar diplomatas e membros de serviço norte-americanos no Iraque e em toda a região”.

O líder supremo do Irã, Ali Khamenei, prometeu hoje vingar a morte do general e declarou três dias de luto nacional.

Fonte: EBC

Veja videos: Temporal deixa a cidade de Petrópolis embaixo d´água

A chuva que caiu na tarde deste dia (02) em Petrópolis causou diversos prejuízos e transtornos para a população da cidade Serrana. Na rua Rua Pedro Ivo, Morin por exemplo a água desceu a rua com muita força.

Já no bairro Corrêas o rio transbordou e invadiu as ruas.

Já a entrada da Mosela ficou toda alagada.

Em Caldas Viana, no centro de Petrópolis mais alagamentos.

Situação crítica também no Bonfim, em Petrópolis. Olha a ponte do colégio Odete Young monteiro.

Lixo se acumula na ponte que dá acesso à Praça de Corrêas.

Barreira cai em cima de um carro na rua Pedro Ivo, no Morin – Diário de Petrópolis .

Temporal também afeta rodovia BR-040 e cascata transborda na pista, em frente ao posto Brazão.

OS que está administrando o HSJB tem ligação com vereador de São Gonçalo – afirma blog

No Blog do Berta, em Agosto de 2019, o jornalista chamou a atenção para o fato da Associação Filantrópica Nova Esperança (AFNE) ter conseguindo um contrato milionário com o Governo Witzel através da eliminação dos concorrentes. Também informa que a OS teria na administração o vereador de São Gonçalo: Cláudio Rocha de Souza(PSDB).

Na reportagem que vocês podem acessar neste link em azul o jornalista afirma que a OS cresceu muito no último ano, saindo de uma simples sala em Campos dos Goytacazes para 4 salas na capital fluminense.