Volta Redonda Notícias

Cerca de 15 bairros estão sem água em Volta Redonda

A cidade de Volta Redonda está sofrendo uma crise no abastecimento de água que se arrasta há vários anos. Muitos bairros da cidade precisam lidar com este problema diariamente e aparentemente não existe solução.

Nesta terça-feira(19) diversos bairros estão sem água, tais como Niterói, Vila Rica/Três Poços, Vila Mury, Santo Agostinho, São Luiz, Coqueiros, São Sebastião, Caieiras, Voldac, Volta Grande, Nova Primavera, Vila Brasília, Morada da Colina, Retiro, Belo Horizonte e São Lucas.

Até o momento não existe nenhuma informação no site da prefeitura municipal ou do SAAE-VR.

Inscrições para concurso público do TRE/RJ vão até o dia 26

O Tribunal de Contas do Rio de Janeiro (TCE/RJ) está com inscrições abertas para a seleção que oferece 40 vagas no cargo de Analista de Controle Externo, diversas Áreas.

A confirmação de participação pode ser feita pela página do concurso público, no site do Cebraspe até o dia 26 de fevereiro. A taxa de inscrição é de R$ 124,00 e pode ser paga até o dia 19 de março.

ANALISTA – São oferecidas oportunidades em quatro áreas para o cargo de Analista de Controle Externo: Ciências Contábeis, Controle Externo, Direito e Tecnologia da Informação. Cada uma delas exige dos interessados em concorrer diploma na área de graduação correspondente. O valor da remuneração inicial bruta é de R$ 13.708,81.

A seleção compreenderá as fases de provas objetivas e discursivas, que serão aplicadas, respectivamente, nas datas prováveis de 25 e 26 de abril, e avaliação de títulos. Todas as fases do certame ocorrerão na cidade do Rio de Janeiro/RJ.

SERVIÇO

Concurso público: Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE/RJ)

Cargos: Analista de Controle Externo

Vagas: 40

Remuneração: R$ 13.708,81

Inscrições: até 26 de fevereiro

Taxa: R$ 124,00

Provas objetivas e discursiva: 25 e 26 de abril

CONTATO

Outras informações no site do certame ou na Central de Atendimento ao Candidato, de segunda a sexta, das 8h30 às 18h30 – Campus Universitário Darcy Ribeiro, Sede do Cebraspe – (61) 3448 0100.

MBL fará ato em prol do impeachment do prefeito de Volta Redonda

O Movimento Brasil Livre – Volta Redonda(MBL), fará um ato nesta segunda-feira(17), às 17:00h, em frente a Câmara Municipal em prol do impeachment do prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva.

No dia 23 de janeiro, o vereador Carlinhos Santana protocolou o pedido na Câmara Municipal de Volta Redonda.

No texto do evento, o MBL afirma que:

– ” NOSSA CIDADE NÃO AGUENTA MAIS DESCASO, FARRA FISCAL, IRRESPONSABILIDADE ADMINISTRATIVA E PRIVILÉGIOS ESCUSOS!

Por isso, convocamos você para o ato pelo IMPEACHMENT do prefeito Samuca Silva!
A sessão será SEGUNDA FEIRA, DIA 17, às 18h, mas vamos começar a nos reunir às 17h em frente a Câmara Municipal!

Leve o máximo de pessoas que você puder!
Volta Redonda precisa de você mais do que nunca!

Vamos comparecer juntos, também, na segunda votação que será feita na terça, no mesmo horário e local! “

Quem desejar participar do evento pode se inscrever no evento no Facebook neste link ou comparecer ao local às 17:00h.

Há vagas para ensino médio e superior na CBSI – Veja aqui

A Companhia Brasileira de Serviços de Infraestrutura de Volta Redonda – RJ, está com vagas de ensino médio e superior.

A empresa informa que as vagas também são para profissionais PCD e o prazo para o envio dos currículos variam de acordo com o cargo.

Inscrição

Se você é morador de Volta Redonda, RJ e se interessou por alguma das vagas abaixo, para se inscrever e ter acesso aos requisitos, basta clicar no nome do cargo desejado.

Engenheiro Orçamentista (Foco em Equipamentos) expira em 14 dias

Engenheiro Orçamentista (Foco em Eletromecânica) expira em 14 dias

Coordenador Geral de Saúde e Segurança do Trabalho expira em 14 dias

Coordenador Técnico de Contratos – Manutenção expira em 8 dias

Auxiliar de Suprimentos expira amanhã

Auxiliar de TI expira amanhã

Comprador Júnior expira amanhã

Fonte: Click Petróleo e Gás

Pedágio da Via Dutra vai ficar 20% mais barato com nova concessão

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, disse hoje (13) que o modelo para a nova concessão da Via Dutra, que liga São Paulo ao Rio de Janeiro, vai permitir uma redução de pelo menos 20% da tarifa de pedágio.

Atualmente, o valor total para ir de uma capital a outra está em cerca de R$ 60 e deve ficar, segundo a estimativa, abaixo de R$ 50. “Vai pagar menos tarifa do que paga hoje, tendo muito mais investimentos”, ressaltou o ministro ao fazer uma apresentação do projeto na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

De acordo com o ministro, a disputa pela administração da via será feita a partir de uma combinação entre a oferta de menor tarifa e o pagamento de outorga pela concessão.

A ideia é que as empresas não reduzam demais o preço do pedágio e depois fiquem sem caixa para a administração da estrada. “No leilão, vamos estabelecer um patamar de desconto. Na competição, a tarifa vai baixar ainda mais [do que 20%]. E a partir do momento em que atingimos um teto, mudamos para outorga, porque é uma maneira de preservar o caixa e garantir que, de fato, o investimento vai ser feito”, explicou. Freitas acredita que o leilão possa ser realizado ainda este ano.

Investimentos

Estão previstos R$ 32 bilhões de investimentos para manutenção e melhorias na rodovia. A concessão deve englobar ainda a rodovia Rio-Santos. Segundo Freitas, a intenção é viabilizar obras na rodovia que, se fosse  concedida sozinha, não teria sustentabilidade econômica. “A maneira que encontramos de fazer investimentos na Rio-Santos foi através da Dutra”, justificou o ministro.

O projeto para nova concessão da rodovia após o fim do contrato atual, sob administração da CCR, prevê a duplicação de 215 quilômetros e 315 quilômetros de novas faixas. Com isso, a Rio-Santos deverá passar a ser pista dupla do Rio de Janeiro até Angra dos Reis.

Devem ser construídos ainda 40 quilômetros de vias marginais. Além disso, haverá um forte projeto de monitoramento por câmeras e de iluminação por lâmpadas de led. “Nós vamos ter iluminação de led na rodovia inteira, câmeras a cada 500 metro e interligação com órgãos de segurança”, enfatizou Freitas.

Pedágio em Guarulhos

Entre os pontos controversos da proposta está a cobrança de pedágio no trecho entre São Paulo e Guarulhos, município da região metropolitana com principal aeroporto Grande São Paulo. Com a implantação do chamado sistema free flow, que cobra pela distância percorrida, a estimativa é que a tarifa para trafegar entre as duas cidades fique em torno de R$ 1,90. O tráfego pelas vias marginais, no entanto, poderá ser feito de forma gratuita.

Durante a reunião com o ministro, o prefeito de Guarulhos, Gustavo Henric Costa, questionou sobre a possibilidade de ao menos os moradores da cidade serem isentados da cobrança. De acordo com ele, a rodovia é usada como uma avenida pelos motoristas do município.