Volta Redonda Notícias

Cabo da PM é morto por bandidos no Padre Josimo

Rua onde teria acontecido o confronto.

O cabo Lenardo Pinho da Silva, foi morto durante uma troca de tiros na rua 15, no bairro Padre Josimo nesta madrugada. O policial foi atingido na cabeça quando a viatura em que trabalhava tentou abordar dois suspeitos que estavam em uma motocicleta.

Na troca de tiros também morreu Marcos Camilo da Silva, irmão de Marcelo Camilo da Silva(Marcelo Paraíba) e que estava com um mandado de prisão em aberto. Com o bandido morto foram apreendidas duas armas e acessórios do tráfico: uma pistola calibre .45, uma calibre 9mm e um rádio comunicador.

Os corpos do policial e do bandido foram levados para o Instituto Médico Legal(IML) de Três Poços.

Foto do policial que foi assassinado.
Foto do bandido que foi morto.

Colombianos ameaçam e extorquem comerciantes no Centro de Volta Redonda

Um grupo de agiotas colombianos estaria ameaçando, com arma de fogo, diversos comerciantes no entorno da Avenida Amaral Peixoto em Volta Redonda.

Segundo um comerciante que entrou em contato com o Volta Redonda Notícias e que não quis se identificar com medo de represálias, o grupo oferece dinheiro emprestado e logo após o empréstimo começa a cobrança de juros altíssimos sob ameça de arma de fogo.

Em uma das ameças, os estrangeiros, que estariam no Brasil de forma irregular, disseram que não tem medo de delegados, policiais ou qualquer agente da lei e que aqui é o Brasil, país do Carnaval, uma bagunça.

Segundo informações, os estrangeiros estariam agindo em ao menos três cidades do Sul Fluminense: Volta Redonda, Pinheiral e Barra do Piraí.

Aprovados em concurso da Guarda Municipal de Volta Redonda cobram promessas

Aprovados em 2018 para o concurso público para a Guarda Municipal de Volta Redonda, entraram em contato com a página VR Notícias para cobrar do poder público municipal a convocação dos aprovados. Segundo os aprovados, a convocação que seria imediata, não ocorreu. Ao todo são 94 novos GM aguardando a promessa do prefeito Samuca Silva de que iria convocá-los na primeira semana de janeiro de 2020. O concurso foi homologado em novembro do ano passado e na ocasião o prefeito havia dito que a convocação seria imediata.

Importante frisar que trata-se de uma questão de segurança pública e a Guarda Municipal atua ostensivamente no município, aumentando a sensação de segurança e coibindo irregularidades.

Preso suspeito de pedofilia em Volta Redonda

Agentes da 93ª DP prenderam na noite desta quinta-feira(02) no bairro São Luiz, um suspeito de pedofilia em Volta Redonda. O homem, que possui 50 anos de idade, vinha sendo investigado por produção de pornografia infantil envolvendo crianças com idades entre 5 e 10 anos. Foi aprendido na casa do suspeito um computador, pendrives e celulares. Dentro dos dispositivos haviam centenas de imagens e vídeos envolvendo crianças.

Alguns vídeos e fotos mostram atos libidinosos entre o homem e as crianças. A investigação apontou que o suspeito utilizava calcinhas infantis e fazia vídeos onde se masturbava. – Informou o delegado

Em depoimento o suspeito confessou alguns dos crimes porém a polícia acredita que há mais vítimas, inclusive em outros cidades onde o pedófilo morou: Maricá e Itaboraí.

Os crimes cometidos pelo suspeito segundo a polícia são: Produção e armazenamento de pornografia infantil e estupro de vulnerável. As penas para os crimes cometidos pelo suspeito ulçtrapassam 20 anos.

A polícia não divulgou o nome nem a foto do suspeito mas deseja que outras vítimas compareçam a delegacia.

PRF deve retomar nesta segunda-feira uso de radares móveis em estradas

Operações da Polícia Rodoviária Federal (Divulgação/PRF)

Termina hoje (23) o prazo para que a Polícia Rodoviária Federal (PRF) retome o uso de medidores de velocidade móveis e portáteis nas estradas.

No dia 11 de dezembro, a Justiça Federal atendeu a um pedido de liminar feito pelo Ministério Público Federal e entendeu que a falta dos radares pode causar danos à sociedade.

A decisão foi confirmada pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região, na última quarta-feira (18).

O TRF1 negou recurso da União e entendeu que não há motivos para anular a decisão da 1ª instância da Justiça Federal em Brasília, que determinou a retomada do uso de medidores de velocidade móveis e portáteis.

Os equipamentos móveis foram recolhidos em agosto, após a publicação de um despacho do presidente Jair Bolsonaro.

Na ocasião, foram revogados atos administrativos sobre a atividade de fiscalização eletrônica de velocidade em rodovias e estradas federais.

A Polícia Rodoviária havia pedido mais prazo para adotar medidas do ponto de vista logístico, contratual, administrativo, além de dar orientações em caráter nacional.