Volta Redonda Notícias

Ignorando a opinião da população, Câmara aprova empréstimo de R$ 80 milhões

A Câmara Municipal de Volta Redonda aprovou na noite desta segunda-feira(02) a mensagem do prefeito Samuca Silva que autoriza o executivo municipal a adquirir um empréstimo de R$ 80 milhões junto um convênio com a Caixa Econômica Federal.

Durante a semana o Volta Redonda Notícias fez uma enquete onde mais de 80% da população era contra o empréstimo que será pago por futuras gestões.

Segundo as informações preliminares as áreas que receberão os novos investimentos são:

Drenagens / Açude e Voldac8.000.000,00
Pro-Cidades (Smart Cites)40.000.000,00
Reforma do Zoológico700.000,00
Obra acesso do Santo Agostinho150.000,00
Furban – obras de contenção3.300.000,00
Aquisição de ônibus elétrico2.600.000,00
Infraestrutura do Polo Metal-Mecânico2.950.000,00
Grama sintética – reformas ginásios512.000,00
Santa Margarida – melhorias300.000,00
Asfaltos – recapeamento em vias19.338.000,00
Pontes e Viadutos – revitalização1.150.000,00
HSJB – investimentos:1.000.000,00

Mais dívidas: Samuca Silva quer que câmara aprove com urgência empréstimo de R$ 80 milhões

Logo que o prefeito de Volta Redonda Samuca Silva assumiu a administração municipal, o mesmo criticou severamente as gestões anteriores por terem deixado uma dívida que segundo ele é impagável. Nos últimos dias, o prefeito apareceu com uma proposta para adquirir outra dívida para o município de R$ 80 milhões que seria deixada para a próxima gestão pagar.

O empréstimo seria feito pela CEF(Caixa Econômica Federal) através do FINISA e dos projetos Avançar Cidades e Pró-Cidades.

Para que o empréstimo seja autorizado e concluído o prefeito precisa que a câmara municipal aprove a medida através dos vereadores em uma sessão. Os vereadores que supostamente aprovariam a medida são eles: José Augusto, Rodrigo Furtado, Fernando Martins, Laydson, Isaac, Buchecha, Edson Quinto, Mineirinho, Maurício Pessoa, Novaes, Tigrão, Paulo Conrado, Pr Whashington e Vair Duré.

O empréstimo seria utilizado para recapeamento asfáltico e iluminação pública, ignorando os problemas de saúde pública que Volta Redonda possui. Lembrando que 2019 é o ano da saúde.

Consultada pela primeira vez, a população deixou suas mensagens que não condizem com a atitude da Prefeitura em adquirir empréstimo para ser utilizado em infraestrutura de ruas e avenidas.

Veja o que diz a população:

Deise Pires Alves Não!!!
Ele devolveu os 60 milhões do empréstimo para a mobilidade urbana alegando dividas impagáveis!
E manteve essa ladainha o governo todo!
Se a preveitura tem uma divida impagável como o prefeito disse é impossivel conseguir empréstimos com nome sujo!
A mentira tem perna curta!!!
“Dinheiro tem, falta gestão”

Jeann Oliveira É tanta política envolvida . um péssimo gestor o Sr Samuca Silva escândalo do OS no hospital do Retiro saúde de Volta Redonda horrível transporte público nem se fala . a verdade que Samuca só governa para a classe média alta .. Muito puxa saco vizando eleição depender de mim anulo meu volto de novo 0000 e pronto . posto de saúde nem médicos tem os caís só Deus mesmo .. Eu não falo mais nada

Maria Bernadeth Ele pode pegar o empréstimo e investir na área da saúde. Que tal mais necessitados. A cidade não tá precisando de grama sintética não. Nem de campo de futebol Nem de lâmpadas leed. Nem de wifi nem de calcada A cidade tá precisando e de médicos hospitais remédio gratuitamente. Isso é que a cidade tá precisando.

Francisco JF Lacerda Tudo “bem”.O que são mais 80 milhões em uma dívida de 1 bilhão e 700 milhões de reais kkkkk próximos governantes terão que rebolar e os servidores públicos se martirizarem

Iara Marques Investimento na saúde que é bom nada né😒Ah claro ele e a família quando precisam de cuidados médicos não utilizam o Hospital Público!!! Pessoas que esperam uma eternidade na fila de espera por um exame,remédios que por diversas vezes estão em falta!!!!Mais isso tudo é pra ele não importa!!!

Maria Isabel Dasilva Ele podia era arrumar o faps aquilo lá acabou

Elton Fialho E a saúde que mais importante pra nossa cidade não entrou nessa lista

Ketrey Braga Se falasse pra mim que investiria essa grana toda em hospitais ou escolas sim . Agora manutenção da cidade era pra ter esse dinheiro já . O que ele anda fazendo com o dinheiro público pq tudo está ruim .
Saúde , educação ,segurança e a manutenção porém tem coisas que seriam mais importantes para o momento.

Wesley Bruno Então faser divida p outro pagar e mole né por que nao economizou antes ai agora vai vim outro prefeito e assumir a prefeitura com dividas altissimas
.acho que teria que ter inconomizado antes
A cidade derrepente pode sim até esta precisamdo de algum dinheiro .mas para saude seria prioridade ai vc gasta uma furtuna p colocar wfi ponto bonito ai sim faz o nome né .e a nossas familia nao consegue um remédio passa mal chega quase morrendo no hospital e fica l dia todo para ser atendido parabéns faz uma divida dessa e coloca wfi p galera hj em dia todo mundo tem internete no celular o que agente nao tem na hora que precisa é remedio nos posto de saude e atendimento rapido para quem esta passando mal
Maior tristesa e chegar no hospital e ter que ficar sentado e esperar horas p um medico sinpres te olhar apenas uma ingecao e mandar ir p casa por que o hospital esta lotado els fasen isso mal olha e .anda ir enbora p casa e ja vii causo assim voltar novamente para hospital e vim a obito

Leonor Nascimento Ele dizia q tinha dinheiro q o Neto não sabia administrar , o que aconteceu com esse dinheiro.

Tina De Souza Este empréstimo, deveria ser para hospital, para a manutenção dos aparelhos hospitalar, o hospital do idoso está sem o aparelho para fazer exame

Deia Campos Ue, mas ele disse que dinheiro tinha, faltava gestão. Agora quer fazer empréstimo pra asfaltar a cidade.

Wellington Luiz Para recapeamento do asfalto eu aprovo agora botar luz de led e wifi ta de brincadeira né

Anapaula Silva Uai mais não foi ele msm que encheu a nova pra dizer que assumiu uma prefeitura cheia de dívidas? Ficou com inveja vai fazer igual. Acorda prefeito o povo quer ter onde recorrer em caso de saúde

Adriano Augusto Tá na cara que é lavagem de dinheiro para quem não sabe a prefeitura de volta redonda tem que esta com os caixas positivo pois tem uma redação espetacular vamos ligar o alerta câmara e vereadores sumuca vai deixar Volta Redonda no vermelho pois ele já saber não não será reeleito então só resta fazer m…a.

Matheus Oliveira Isso é verdade,o Prefeito deveria olhar mais pra área da saúde que está lamentável ,e sem contar que acho desnecessário esse empréstimo ..
E se bobiar eu tenho quase certeza de que isso aí nem tudo irá acontecer
Com esee tal empréstimo ..
Visando algumas promessas da época das eleições dele que até agora nada foi feito, pelo contrário está necessitando pegar empréstimo sendo que falta pouco pras novas eleições

Bárbara Monteiro Precisamos saber os nomes dos vereadores e como estão votando! Exposição total pelas redes, só assim vamos conseguir limpar a política do Brasil! 💚💛🇧🇷

Angela Maria Sakamoto Fazer empréstimo da Caixa para investir na Saúde não , agora para tampar buracos quer , não vejo necessidade , dispensa os cabides que sobra , Queremos o Santa Margarida funcionando , mais médicos , São João Batista em funcionamento total , só tem acabado com a cidade , péssimo , pior prefeito .

Érico Negrão Tá querendo enfeitar a cidade pro carnaval?E aonde entra a saúde nisso?Ainda bem que tem eleição o ano que vem….

Israel Mateus Assis Estas coisas deveriam não existir, pq é fácil você pegar um dinheiro que depois a responsabilidade de pagar não sera sobre você, assim como licitações acima de 4 anos, acredito que todos os contratos tinham que ter prazo de 4 anos , tempo da gestão do prefeito vereador ,presidente está lá, muitas vezes um gestor público fecha um contrato horrivel e o próximo gestor leva a culpa.

Cátia Valério Teria que investir nos hospitais porque tá um caus, tá muito ruim e péssimo

Renata Reis Daniel Pereira Pq ele não fez no início para ele pagar né?
Quer fazer bonito e colocar na conta de outros.
Cansou de falar q VR tinha dinheiro só não tinha gestor.
Pelo visto agora VR tá sem os dois

Maria Do Rosário Lia Não tem o meu apoio .. se falou tanta nas dívidas dos antecessores e querem fazer mais .. negou a verba para as obras da mobilidade e agora quer dinheiro 💰 onde está a gestão ?

Edivaldo Oliveira O povo tem que tirar essas raposas velhas da cidade de Volta Redonda tem vereador aí que parece que tem carteira assinada não larga a teta

Kellenn Cristina Tenho que fazer uma tomografia e não tenho condições de pagar,fui informada que tem pessoas a mais de um ano esperando pra agendar pelo SUS,é um absurdo.

Monica DE Almeida Campos Lógico que não porque não usou o dinheiro do aluguel do São Camilo e Santa Margarida para fazer isso já tamos ferrado vamos ficar pior

Beth Batalha Graças a Deus último ano agora é fácil fazer empréstimo e deixar p os outros pagarem sendo q nossa saúde , educação e segurança ninguém fala esta td ruim em nossa cidade mas falta poucos este gestor toma o rumo dele


Deise Pires Alves
 Esse prefeito vive chamando os vereadores na prefeitura pra conversar na surdina! Se a função de um vereador é de fiscalizar! Que negócio e esse de vereadores fazerrem distribuição das casas e apartamentos do programa minha casa minha vida!!!!!
Porque o minha casa minha vida que é distribuido na câmara municipal por vereadores e não mas na prefeitura como antes, mas que virou compra de voto com dinheiro público!
Alguns vereadores e prefeitos candidatos que usam obras publicas como compra de votos finaciados com dinheiro público!
Não é um tipo de compra de voto com dinheiro público essas obras eleitorais?

Karla Nogueira da Silva E o investimento da saúde como vai ficar seu samuca ?

Edvaldo Freitas Ue !!! Oque faltava era gestão porque dinheiro tinha , palavras de Samuca .
Acabou o dinheiro ????
Porque esse dinheiro no último ano de mandato ???
Só pode ser piada !!

Eliane Eli Silva Da Silva Nao concordo.mesmo porque nso sera investido em vr.e no fim quem paga e a populaçao.e so com imposto que tds paga esta cidade eta para ter segurança e medico.

Patricia Viveiros 80 milhões pra trocar lâmpadas??? Com a saúde vivendo um caos??? É sério isso??? Nunca me arrependi tanto de um voto!!! Pqp!!!

Kheylla Dias Bom dia!!
Quem precisa urgente de reforma são as escolas, os hospitais, postos de saúdes!! A cidade não precisa do poste com wi-fi pra gerar ainda mais gente desocupada na vida o dia inteiro! Se for pra fazer uma dívida de milhões que seja, para resolver os problemas da cidade ,não para gerar mais uns!!

Vergonha esse Samuca na gestão de Volta Redonda!! 😢

Elisangela Nunes Este empréstimo, deveria ser para hospital, para a manutenção dos aparelhos hospitalar, o hospital do idoso está sem o aparelho para fazer exame e na educação tbm

Alessandra Graça Lopes Nao apoio nao, pois esses vereadores ae nao sabem da real situaçao de Volta Redonda, mais seus dias estao contados

Roselane Esteves Françisco Eu falei desde do começo da gestão deste canalha para a população de Volta Redonda pedir o imptemam dele ,mas não se importaram ,teve gente no meu face dizendo que ele estava arrumando a bagunça que o prefeito Neto ,este merda só fez acabar com a nossa cidade, vejo pessoas pagarem seu IPTU corretamente,e olho para os buracos de algums bairro e fico horrorizada ,vai no hospital da UGUI para ver como estão sendo tratados os pacientes,desda maternidade a paciente nas alas mas críticas,eu estiver lá e cinseramente estou com muito medo de ganhar o meu filho lá ,e olha que este hospital era o melhor da região, então agora estou vendo este prefeitinho de merda acabando com a nossa cidade e não vamos fazer nada ,e sério por que ficar só reclamando e que não vai resolver nada , VAMOS FAZER ALGUMA COISA ,vamos gritar , fazer panelaço, mas vamos fazer algo ,só não vamos ficar reclamando pelo Facebook

Reginaldo Ribeiro Muito estranho querer esse empréstimo e deixar a dívida para o próximo prefeito, porque esse prefake não ganha mesmo, e tudo isso com a conivência de alguns vereadores, é muita irresponsabilidade para quem falava que era gestor e que a cidade tinha dinheiro sobrando. Cadê esse dinheiro? Pelo visto foi muito mal empregado pelo “gestor”.

Thais Do Marcelo Os vereadores lambi o chão que ele pisa, claro que vão aprovar!

Su Do Roger Empréstimo pra outro pagar? Ei, como assim? Então ele não poderá dizer q foi conquista dele o que for realizado de obra, já que não será ele que arcará com a dívida. Piada isso? É pra rir? Hum, sei… Palhaçada , ser “gestor” assim é fácil né? Quem faz isso se chama caloteiro, pelo menos é assim no comércio. Quem adquire algo e não paga. #ficaadicaSamuca

Lilian Gomes Silveira Total falta de juízo fazer uma coisa dessas tem que investir nos hospitais e escolas que estão abandonadas
Vergonha esse prefeito ele quer que se dane pois o dele já tá no bolso

Caique N. Andrade Nenhum desses vereadores puxa-saco têm meu voto. Ridículo esse empréstimo desse péssimo gestor e que infelizmente será aprovado.

Volta Redonda perderá verbas para a Saúde

O município de Volta Redonda não conseguiu cumprir todas as metas estipuladas pelo Programa Estadual de Financiamento da Atenção Primária à Saúde (PREFAPS)  e com este indicador deverá perder verbas para a saúde decorrentes do programa do Governo do Estado supracitado.

O Programa Estadual de Financiamento da Atenção Primária à Saúde(PREFAPS) avalia o atendimento prestado à população nos primeiros atendimentos, ou seja, ou atendimentos mais básicos onde não é necessário alto grau de investimento e nem de qualificação profissional.

Os municípios que conseguiram atender as metas estipuladas pelo programa vão receber uma nova parcela igual de recursos para serem investidos na saúde básica, são eles: Resende, Piraí, Petrópolis e Engenheiro Paulo de Frontin. Os 24 municípios do estado, incluindo Volta Redonda, que não conseguiram atingir a meta deverão receber apenas 50% dos recursos do fundo.

O  PREFAPS tem como objetivo apoiar a Estratégia Saúde da Família (ESF) dos municípios a partir da manutenção e expansão das equipes de saúde da família (eSF) e de saúde bucal (eSB), bem como fomentar a qualidade e o alcance de metas no âmbito da APS.

Fonte: Gazeta Sul

Vereador denuncia no MP, TCE, PF e MPE irregularidades no Hospital do Retiro

O vereador Jari denunciou recentemente às autoridades competentes as prováveis irregularidades que a Organização Social Mahatma Gandhi efetuou em seu contrato com o município para a gestão do Hospital do Retiro. O vereador conta em sua rede social que foi ao Ministério Público Federal, ao Tribunal de Contas do estado do Rio de Janeiro, à Polícia Federal e ao Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro efetuar as denúncias baseadas nos materiais que o mesmo juntou.

Segundo o vereador, o custo do Hospital do Retiro passou de R$ 27 milhões para R$ 43 milhões a partir da chegada da OS Mahatma Gandhi. Também consta na denúncia contratos diversos entre parentes e empresas de parentes da direção da OS para prestar serviços ao hospital. Consultorias, fornecimento de alimentação e salários pagos a altos dirigentes da Organização Social.

Pesa o fato dos envolvidos na possível falcatrua terem saído às pressas de Volta Redonda.

A principal função de um vereador é representar os interesses da população perante o poder público. Em Volta Redonda é raro um vereador estar a serviço real da população, a maioria está em próprio interesse ou refém da administração municipal.

Prefeitura vai terceirizar administração do Hospital São João Batista

Recentemente a Prefeitura Municipal de Volta Redonda divulgou em diversos jornais um Chamamento Público para contratação de Organização Social(OS) para administrar o Hospital São João Batista.

O vereador Paulinho do Raio X chegou a ir às Redes Sociais criticar a administração municipal pela terceirização na administração do principal hospital da cidade.

Recentemente o HSJB foi alvo de centenas de denúncias de descaso em filas para cirurgias das mais diversas modalidades. O vereador ainda critica a propaganda recente na TV(em horário nobre, um dos mais caros) que muitos afirmam se tratar de “propaganda enganosa” por mostrar uma realidade muito diversa da que acontece na cidade do aço.

Desde Dezembro de 2018 a OS Mahatma Gandhi administra o Hospital Munir Rafful(Hospital do Retiro) é alvo de diversas reclamações do moradores e também alvo de denúncia onde a Superintendente da OS contratou o restaurante da própria mãe para alimentar os funcionários do hospital, ignorando a legislação que proíbe tal contratação.