Volta Redonda Notícias

Casas Bahia do bairro Retiro é furtada

As Casas Bahia que fica localizada na Avenida Sávio Gama, no bairro Retiro em Volta Redonda, foi invadida na madrugada desta segunda-feira(28). Segundo informações, foram levados diversos aparelhos celulares do local.

A polícia fazia um patrulhamento de rotina quando percebeu que a loja estava arrombada e entrou em contato com o gerente do estabelecimento que abriu a loja e confirmou os furtos.

A ocorrência foi registrada na delegacia, que passa a investigar o caso. Até esta publicação, ninguém havia sido preso.

Homem é preso disputando corrida na BR-393

Participantes se exibiam, realizando a manobra “Superman”, deitados sobre o tanque e o banco, enquanto faziam racha

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu, em flagrante, um homem que disputava corrida na BR-393. O caso aconteceu em Vassouras, no Sul Fluminense.

Policiais faziam blitz no km 224, da BR-393, quando avistaram, do outro lado da via, um grupo, de cinco motociclistas transitando em alta velocidade e exibindo diversas manobras arriscadas: empinando a moto,  sem as mãos e outros dirigindo até deitados sobre o banco. Os policiais, de imediato, foram atrás.

Foi dada a ordem de parada ao grupo, porém não foi obedecida, dando início a uma perseguição.

Depois de cinco quilômetros de fuga, um dos condutores, de 20 anos, que dava carona a uma mulher, de 17, indicou que iria parar mais a frente. Porém, após os policiais desembarcarem da viatura, o homem novamente fugiu.

Foi iniciada novamente uma perseguição, que terminou após o condutor perder o equilíbrio, ao tentar subir no meio-fio.

O condutor foi autuado por transitar pelo acostamento, pela contramão de direção, forçar passagem, ultrapassagem proibida, deixar de sinalizar mudança de direção, conduzir com apenas uma das mãos e disputar corrida, além de ter a moto recolhida para o pátio.

A ocorrência foi encaminhada para delegacia de Polícia Civil de Vassouras.

Governador anuncia presídio vertical em Volta Redonda

O Governador do Estado do Rio de Janeiro Wilson Witzel , anunciou através da Secretaria de Administração Penitenciária, a construção de Conjunto Prisional Vertical na cidade de Volta Redonda.

O planejamento inclui cinco conjuntos, sendo três no Complexo de Gericinó, na Zona Oeste, um em Volta Redonda, no Sul Fluminense, e outro em local ainda não definido.

Segundo informações divulgadas pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), cada conjunto tem o custo, em média, de R$ 82 milhões. Uma unidade prisional horizontal comum que comporta entre 400 e 600 internos custa cerca de R$ 40 milhões, ainda de acordo com a Seap.

Neste projeto, serão criadas mais 25mil novas vagas para detentos no estado. O Secretário Estadual de Administração Penitenciária confirmou que Volta Redonda irá receber uma unidade.

Agência Brasil explica: como se cadastrar no alerta da Defesa Civil

Sistema de aviso de riscos é grátis e pode salvar vidas

Enchentes, deslizamentos, desabamento de grandes estruturas, grandes incêndios, tremores de terra e furacões podem, em questão de instantes, afetar grandes áreas. Esses desastres geralmente causam muita destruição, mortes e possibilidade de doenças, já que influenciam na qualidade da água, na estrutura de saneamento básico e no acesso a itens essenciais de cuidado pessoal, remédios e alimentos. A Defesa Civil Nacional, subordinada ao Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), criou um sistema de alerta que funciona via SMS – as mensagens de texto que recebemos por celular que não necessitam de conexão à internet – que é acionado sempre que há possibilidade de desastre.

A iniciativa foi inspirada em um sistema similar criado pelo Japão em 2007. Diferente do Brasil, o Japão é afetado constamentente por desastres naturais, como terremotos, furacões e tsunamis. No Brasil, o projeto-piloto havia sido implementado em 20 municípios do estado de Santa Catarina, onde cerca de 500 mil pessoas testaram a novidade.

De acordo com a secretaria Nacional de Defesa Civil, mais de 6 milhões de brasileiros já fizeram o cadastro. Mas você sabe como participar dessa rede de proteção oferecida pela Defesa Civil? A Agência Brasil explica.

O cadastro

Fazer parte da rede de avisos da Defesa Nacional é bem simples. Veja:

Info_sms

O serviço é totalmente gratuito, e cada número de celular pode cadastrar diversos CEPs para receber alertas no mesmo aparelho. Sair do sistema é bem simples: basta mandar uma mensagem com o CEP para o mesmo número do cadastro (40199).

Como agir em situações de desastres

Caso a Defesa Civil considere que há risco iminente para a região, você receberá uma mensagem de alerta sobre o que pode ocorrer. A Defesa Civil adota um protocolo diferente para cada situação de risco. “O alerta permite ações antecipadas de autoproteção, de proteção da comunidade e para que o poder público se posicione oportunamente para o socorro”, afirma Alexandre Lucas, secretário Nacional de Proteção e Defesa Civil.

As orientações básicas de como lidar com a situação de risco também são informadas via SMS. Em alguns estados, como Santa Catarina, o serviço da Defesa Civil também informa a situação das marés – no caso de cidades litorâneas – e a previsão da intensidade das chuvas. 

O secretário também destacou que é importante espalhar a mensagem adiante, para que a informação chegue ao maior número de pessoas no menor tempo possível. “As pessoas recebem por SMS, mas podem replicar nas redes sociais. A gente precisa que toda a população saiba, no tempo mais oportuno, o que está acontecendo”.

Defesa Civil confirma 30 mortes na Grande BH por causa das chuvas

O número de mortes em razão das chuvas em Minas Gerais subiu para 30. O número foi atualizado pela Coordenadoria Estadual de Defesa Civil no início da noite deste sábado (25). Além dos óbitos, há 17 pessoas desaparecidas, 620 desalojados e 911 desabrigados 911, além de sete feridos.

De acordo com a Defesa Civil, há risco grande de deslizamento em nove cidades da região metropolitana de Belo Horizonte: Sabará, Rio Acima, Brumadinho, Contagem, Nova Lima, Betim, Ribeirão das Neves e Ibirité, além da própria capital. Em Belo Horizonte, somente ontem (24) foram registradas 72 ocorrências desse tipo.

Entre a quinta e a sexta-feira, o volume foi o maior registrado desde que teve início o monitoramento, no ano de 1910.

A previsão é que a intensidade das chuvas reduza-se a partir deste domingo (26).

A Defesa Civil, o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar continuam trabalhando no atendimento de ocorrências tanto de risco geológico (como deslizamentos e soterramentos) quanto de risco hidrológico (como alagamentos e inundações).

Situação de Emergência 

O governo federal decretou, de forma sumária, situação de emergência em Belo Horizonte e Contagem, Minas Gerais, e também em quatro cidades capixabas..

Equipe do Ministério do Desenvolvimento Regional atua em apoio aos trabalhos de resposta às fortes chuvas que atingiram a região metropolitana de Belo Horizonte e o Espírito Santo. Profissionais da Defesa Civil Nacional estão em ambas as localidades para auxiliar na mitigação dos danos humanos e materiais causados pelos desastres.

A Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec), do Ministério do Desenvolvimento Regional, elevou o status de operação do Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad) para alerta máximo.

Neste sábado (25), o governo realizou reunião com representantes de diversos órgãos para traçar um plano de ação nos municípios mais afetados pelas chuvas.